Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
facebook Cai

Depoimentos - Ciência sem Fronteiras/ CNPq

Atualizado em 23/07/15 15:57.

O que é? Mobilidade para países parceiros do CsF 

Candidatos: Estudantes de graduação, doutorado e docentes (pós-doutorado) das áreas contempladas pelo programa.

Benefícios: Bolsa mensal, passagem, auxílio instalação, seguro saúde pagos pelo governo brasileiro 

ÚLTIMO EDITAL 023/2014

SITE: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/home

 

               Ana Carolina Albernaz

NOME: Ana Carolina Albernaz Rodrigues

CURSO: Engenharia Civil,

DESTINO: Reino Unido-Swansea

 

DEPOIMENTO:

O que me motivou a estudar no exterior foram diversos fatores, mas, principalmente, o desejo de ampliar meu conhecimento acerca da engenharia. Com o estudo no exterior tive a oportunidade de ver o desenvolvimento da engenharia em outros países e complementar, assim, a minha formação acadêmica.A experiência e inexplicável. O amadurecimento profissional e pessoal são inacreditáveis! Volto para o Brasil encarando a engenharia civil com outra cabeça, com muito mais responsabilidade e interesse. Além do que criei um vínculo internacional,o que facilita ainda mais um futuro mestrado/doutorado no exterior.A outros estudantes que têm interesse de estudar no exterior digo que essa é  uma oportunidade imperdível. Não pensem duas vezes antes de procurar um estudo no exterior para complementar o do Brasil. Não será um ano perdido de nenhuma forma. Pelo contrário, tenho certeza que o intercâmbio fará total diferença na minha vida profissional!

     Karoline Alves

NOME: Karoline Alves da Silva

CURSO: Engenharia Química

DESTINO: Canadá, Toronto

 

DEPOIMENTO:

Quatro fatores me motivaram a realizar a mobilidade acadêmica:   oportunidade de conhecer como é o ensino em uma conceituada instituição estrangeira (University of Toronto); a possibilidade de imersão numa cultura diferente da brasileira; oportunidade para aprimorar o inglês; investimento na minha carreira visto que a experiência de estudar e estagiar no exterior confere um diferencial ao meu currículo. Uma das coisas que mais gostei e que também foi mais relevante na minha experiência de intercambio foi o contato com diversas culturas de todo o mudo. Toronto é uma cidade extremamente cosmopolita com vizinhanças que mais parecem pedacinhos de outros paises (Chinatown, Little Ilaty, Little Portugal...). Isso me permitiu experimentar um pouquinho da cultura desses lugares (culinária, música). Também convivi com pessoas de diferentes backgrounds cuja visão de mundo era alheio para mim, mas que por isso me ajudou a desenvolver uma nova percepção do mundo. A mobilidade acadêmica é uma experiência única em todos os aspectos, porque as diferenças que encontramos acabam nos ajudando a aprimorar as nossas atitudes. Por isso, é uma grande oportunidade para amadurecer, ampliar os horizontes e refazer os nossos planos e projetos tanto pessoais quanto profissionais! 

 Natália Olivia

NOME: Nathália Olivia de Sousa Garcia

CURSO: Ciências Farmacêuticas

DESTINO: Reino Unido, Londres

 

O que me motivou a estudar no exterior foi a busca por novas experiências e por crescimento tanto pessoal quanto profissional, pois saindo da zona de conforto eu poderia obter um crescimento que viria a me ajudar profissionalmente no futuro. E essa motivação cresceu e veio a se concretizar com o apoio e incentivo da minha família e do meu orientador na UFG, que foram essenciais para que desse certo.O que tirei de mais relevante dessa experiência foi a troca de experiências com estrangeiros e outros brasileiros. Pude também viver uma nova forma de ensino, pois as universidades aqui têm uma forma diferente de ensino baseado em uma maior independência do aluno. Para os estudantes que têm interesse na mobilidade acadêmica digo que essa é uma experiência única!

 

         Ariel Aleksandrus

NOME: Ariel Aleksandrus Rosa Bonome

DESTINO: Nanaimo, Canadá

 

DEPOIMENTO:

O que me motivou foi a experiência internacional. Conhecer pessoas de outras culturas, praticar o inglês, ter mais independência, ter contatos em outro país. Gostei mais de ter entrado em contato com as diversas culturas que compõe o Canadá, e aprendido sobre a história e o modo de pensar dessas pessoas. Tive contato com a cultura canadense, indiana e árabe. Realmente vale a pena. É uma ótima experiência. Abre muitas portas para o seu futuro profissional, além de ajudar a entender as diferentes formas de agir e pensar de pessoas de outros países.

 

 

Listar Todas Voltar